Dia do Príncipe Mahidol e Educação para a Humanidade (Prince Mahidol Day and Education for Humanity)

Dia do Príncipe Mahidol e Educação para a Humanidade (Prince Mahidol Day and Education for Humanity)

วันที่นำเข้าข้อมูล 24 Sep 2022

วันที่ปรับปรุงข้อมูล 27 Oct 2022

| 814 view

Artigo de Tanee Sangrat

"O verdadeiro sucesso não está no aprendizado, mas em sua aplicação em benefício da humanidade"
(Sua Alteza Real o Príncipe Mahidol de Songkla)

 

O dia 24 de Setembro é uma data importante na Tailândia. Conhecido como "Dia do Príncipe Mahidol", ele marca a data do falecimento de Sua Alteza Real o Príncipe Mahidol de Songkla em 1929.

O príncipe Mahidol é lembrado por seu impacto no avanço do ensino superior, especialmente nas áreas de ciências básicas, saúde pública e pesquisa médica. Mas há dois empreendimentos particularmente notáveis creditados ao príncipe Mahidol que tiveram um impacto significativo no desenvolvimento do software e do hardware do avanço médico no país.

Primeiro, o príncipe Mahidol destinou seus fundos pessoais para bolsas de estudo para estudantes tailandeses talentosos para estudar ciências básicas e outras áreas de ciências aplicadas, no Reino Unido, Europa continental e Estados Unidos. Esses alunos retornariam então ao Sião como os primeiros grupos de professores bem qualificados a "pagá-lo adiante" por meio do ensino. Mais tarde, eles fariam suas próprias contribuições para o progresso na área médica.

Em segundo lugar, o príncipe Mahidol adquiriu equipamentos modernos para o ensino de ciências básicas e a construção de laboratórios e salas de aula. Ele também atuou como Presidente do Comitê para estabelecer a Escola de Medicina Siriraj, agora a Faculdade de Medicina do Hospital Siriraj, Universidade Mahidol, que é uma das melhores do país.

Essas e outras ações significativas tiveram um impacto de longo prazo no desenvolvimento da medicina e dos serviços de saúde pública, tanto que o príncipe Mahidol foi homenageado com o título de "Pai da Medicina e Saúde Pública da Tailândia".

Em 1950, 21 anos após seu falecimento, ex-alunos da Faculdade de Medicina do Hospital Siriraj, que haviam recebido bolsas do príncipe Mahidol para estudar no exterior, juntamente com outros que receberam outras formas de assistência do príncipe, e membros do público em geral , se uniram para construir um monumento no Hospital Siriraj em sua homenagem. Um ano depois, a Faculdade de Medicina do Hospital Siriraj anunciou que o dia 24 de Setembro seria conhecido como "Dia do Príncipe Mahidol" e que importantes atividades seriam organizadas para comemorar Sua Alteza Real. Isso começou com um discurso de comemoração anual e, em 1960, expandiu-se para incluir gestos de agradecimento às pessoas que fizeram doações para tratamento médico para os pobres no Hospital Siriraj. Essas fichas vieram na forma de bandeiras triangulares feitas de tecido branco com uma imagem do monumento do Príncipe Mahidol e a mensagem "Em comemoração ao Dia do Príncipe Mahidol - 24 de Setembro, Hospital Siriraj" em fonte verde. Hoje em dia, esses agradecimentos vêm em muitas cores diferentes e existe uma Fundação Siriraj que aceita doações para equipamentos médicos modernos e tratamento médico para os pobres no Hospital Siriraj, bem como desenvolvimento de recursos humanos na Faculdade de Medicina.

O legado do Príncipe Mahidol na educação para a humanidade foi ainda institucionalizado pela Faculdade de Medicina do Hospital Siriraj, com a proposta de estabelecer a Fundação Prêmio Príncipe Mahidol, para comemorar o aniversário do centenário de Sua Alteza Real, em 1 de Janeiro de 1992. A Fundação é responsável por levar adiante seu legado organizando a Cerimônia de Premiação Prince Mahidol, a Conferência do Prêmio Prince Mahidol e a Bolsa do Programa Prince Mahidol Youth Award.

Dois Prêmios Prince Mahidol são concedidos anualmente a indivíduos ou instituições que tenham feito contribuições exemplares para o avanço dos serviços médicos e de saúde pública para a humanidade em todo o mundo. Cada prêmio consiste em uma medalha, um certificado e uma soma de 100.000 USD. Qualquer autoridade médica ou de saúde nacional, ou indivíduo, ou grupo de indivíduos agindo em capacidade não governamental, pode apresentar candidaturas para o prêmio ao Secretário-Geral da Fundação Prince Mahidol Award antes de 31 de Maio de cada ano.

No ano passado, o Prêmio Prince Mahidol no campo da medicina foi conferido à Professora Associada Katalin Karik6, Ph.D., da Hungria e ao Professor Drew Weissman, M.D., Ph.D. dos Estados Unidos, por sua pesquisa conjunta sobre tecnologia de mRNA, que levou ao desenvolvimento de vacinas COVID-19, e o professor Pieter Cullis, Ph.D. do Canadá, por sua pesquisa pioneira sobre nanopartículas lipídicas, que têm sido usadas para desenvolver vacinas de mRNA para que possam entrar nas células humanas. O Sr. Anutin Charnvirakul, vice-primeiro-ministro e ministro da Saúde Pública da Tailândia, reuniu-se com os laureados do príncipe Mahidol em Janeiro de 2022, para parabenizá-los e elogiá-los por sua dedicação em ajudar centenas e milhares de pacientes em todo o mundo. Ele reconheceu que suas realizações são contribuições extremamente importantes para a humanidade e ficou honrado que a Tailândia pudesse desempenhar um papel no apoio à sua pesquisa.

A Conferência do Prêmio Príncipe Mahidol (PMAC) também é um evento anual realizado em Bangkok, que convida líderes e especialistas para discutir os desafios globais. O tema do PMAC em Janeiro de 2022 foi "O mundo que queremos: ações para uma sociedade sustentável, mais justa e mais saudável". O PMAC 2022 concentrou-se em seis megatendências, que incluem uma população em mudança, demografia em mudança, urbanização, mudança climática, mudança no uso da terra e tecnologias transformadoras. Os participantes exploraram as relações entre essas questões e como abordá-las por meio da formulação de políticas e da ação coletiva. Eles observaram que a crescente população mundial afetaria os recursos naturais e a saúde humana. Uma sociedade em envelhecimento resulta em um número crescente de pessoas com doenças não infecciosas, como derrames e doença de Alzheimer, exigindo que mais pesquisadores se concentrem nessas doenças. A urbanização e o aumento do número de megacidades têm um impacto profundo na poluição e doenças urbanas relacionadas, agravadas pelas mudanças climáticas. No entanto, o rápido desenvolvimento de tecnologias transformadoras tem o potencial de nos ajudar a superar esses desafios globais, avançando nos procedimentos médicos e prevendo desastres naturais. No final do dia, os participantes reiteraram a necessidade de unir forças para criar o mundo que queremos, garantindo também que os avanços tecnológicos e as inovações que salvam vidas sejam distribuídos igualmente em todo o mundo.

Finalmente, assim como o príncipe Mahidol contribuiu com fundos para bolsas de estudo, a Fundação Prêmio Príncipe Mahidol continua seu legado através da bolsa de estudos do programa para jovens do Prêmio Prince Mahidol. No ano passado, cinco bolsas foram concedidas a estudantes da Faculdade de Medicina dos principais hospitais estaduais, três do Hospital Siriraj e duas do Hospital Ramathibodi, com a certeza de que devolveriam o gesto à sociedade por meio de seu serviço.

O Sr. Phurin Areesawangkit da Faculdade de Medicina do Hospital Siriraj foi um dos destinatários. Em entrevista ao programa "MFA Update" da Rádio Tailândia, Phurin explicou que a bolsa oferece aos jovens interessados em pesquisa médica, sistemas de saúde pública e políticas de saúde pública, a oportunidade de estudar em instituições de linha de frente, em qualquer país, por um ano. . Phurin foi motivado a se candidatar à bolsa pela oportunidade de aprender com especialistas de classe mundial e fortalecer as conexões entre instituições académicas na Tailândia e no exterior. Ele pretende realizar pesquisas sobre o tratamento do cancro na esperança de fornecer um tratamento mais eficaz para pacientes com cancro na Tailândia. Ele é um exemplo do legado poderoso e duradouro deixado pelo Príncipe Mahidol, carregando a tocha da busca de Sua Majestade por aprender para o benefício da humanidade e educação para a humanidade.

* * * * * * *

Sobre o escritor

302920106_6154692294548062_1792706744523362139_n O Sr. Tanee Sangrat é Diretor-Geral do Departamento de Informação e Porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da Tailândia. Ele também é o presidente do Subcomitê de Relações Públicas da Fundação Prêmio Príncipe Mahidol e trabalhou em estreita colaboração com a fundação nessa capacidade. Durante seu tempo no Departamento de Informação, ele deu importância à diplomacia pública e ao envolvimento dos jovens nas relações internacionais por meio de várias atividades. Ele serviu como Cônsul-Geral em Los Angeles, Embaixador da Tailândia no Vietnã e atualmente é Embaixador designado nos Estados Unidos.

 

-------------------------------------------------------------------------------------------------------

(English Version)

Article by Tanee Sangrat

Prince Mahidol Day and Education for Humanity

 

“True success is not in the learning, but in its application to the benefit of mankind” 
(His Royal Highness Prince Mahidol of Songkla)

 

The 24th of September is an important date in Thailand.  Known as “Prince Mahidol Day,” it marks the date of the passing of His Royal Highness Prince Mahidol of Songkla in 1929. 

Prince Mahidol is remembered for his impact on the advancement of higher education, especially in the fields of basic sciences, public health and medical research. But there are two particularly noteworthy undertakings credited to Prince Mahidol that have had significant impact on the development of both the software and hardware of medical advancement in the country. 

First, Prince Mahidol allocated his personal funds towards scholarships for talented Thai students to study basic sciences, and other fields of applied sciences, in the United Kingdom, mainland Europe and the United States. These students would then return to Siam as the first groups of well-qualified teaching staff to “pay it forward” through teaching.  They would later make their own contributions to progress in the medical field. 

Second, Prince Mahidol acquired modern equipment for teaching basic sciences and the construction of laboratories and classrooms. He also served as Chairman of the Committee to establish the Siriraj School of Medicine, now the Faculty of Medicine, Siriraj Hospital, Mahidol University, which is one of the best in the country. 

These and other meaningful actions have had a long term impact on the development of medicine and public health services, so much so that Prince Mahidol has been honoured with the title “Father of Medicine and Public Health of Thailand.”

In 1950, 21 years after his passing, alumni from the Faculty of Medicine, Siriraj Hospital, who had received scholarships from Prince Mahidol to study abroad, together with others who had received other forms of assistance from the Prince, and members of the general public, came together to build a monument at Siriraj Hospital in his honour. A year later, the Faculty of Medicine, Siriraj Hospital, announced that 24th September would be known as “Prince Mahidol Day” and that important activities would be organized to commemorate His Royal Highness.  This started out with an annual commemoration speech and in 1960, expanded to include tokens of appreciation for people who made donations towards medical treatment for the poor at Siriraj Hospital. These tokens came in the form of triangular flags made from white cloth with a picture of the monument of Prince Mahidol and the message “In commemoration of Prince Mahidol Day – 24th September, Siriraj Hospital” in green font. Nowadays, these tokens of appreciation come in many different colours and there is a Siriraj Foundation that accepts donations for modern medical equipment and medical treatment for the poor at Siriraj Hospital, as well as human resource development at the Faculty of Medicine. 

Prince Mahidol’s legacy on education for humanity was further institutionalized by the Faculty of Medicine, Siriraj Hospital, with the proposal to establish the Prince Mahidol Award Foundation, to commemorate the centenary birthday anniversary of His Royal Highness, on 1 January 1992. The Foundation is responsible for carrying out his legacy by organizing the Prince Mahidol Award Ceremony, the Prince Mahidol Award Conference, and the Prince Mahidol Youth Award Programme Scholarship. 

Two Prince Mahidol Awards are conferred annually upon individuals, or institutions, which have made exemplary contributions to the advancement of medical and public health services for humanity throughout the world. Each award consists of a medal, a certificate, and a sum of 100,000 USD. Any national medical, or health authority, or indvidual, or group of individuals acting in a non-governmental capacity, may submit nominations for the award to the Secretary-General of the Prince Mahidol Award Foundation before the 31st of May each year. 

Last year, the Prince Mahidol Award in the field of medicine was conferred upon Associate Professor Katalin Karikó, Ph.D., from Hungary and Professor Drew Weissman, M.D., Ph.D. from the United States, for their joint research on mRNA technology, which has led to the development of COVID-19 vacccines, and Professor Pieter Cullis, Ph.D. from Canada, for his pioneering research on lipid nanoparticles, which have been used to develop mRNA vaccines so that they are able to enter human cells. Mr. Anutin Charnvirakul, Deputy Prime Minister, and Minister of Public Health of Thailand, met with the Prince Mahidol Laureates in January 2022, to congratulate and to commend them on their dedication to assist hundreds and thousands of patients all over the world. He acknowledged that their achievements are extremely important contributions to humanity and was honoured that Thailand could play a role in supporting their research. 

The Prince Mahidol Award Conference (PMAC) is similarly an annual event held in Bangkok, which invites leaders and experts to discuss global challenges. The theme for PMAC in January 2022 was “The World We Want: Actions towards a Sustainable, Fairer, and Healthier Society.” PMAC 2022 focused on six mega trends, which include a changing population, changing demographics, urbanization, climate change, land use change and transformative technologies. Participants explored the relationships between these issues and how to address them through policy making and collective action. They noted that the growing world population would impact natural resources and human health. An ageing society results in an increasing number of people with non-infectious diseases, such as strokes and Alzheimer’s disease, requiring more researchers to focus on these diseases. Urbanization and an increase in the number of megacities have a profound impact on pollution and related urban diseases, compounded by climate change. Nevertheless, the rapid development of transformative technologies have the potential to help us overcome such global challenges by advancing medical procedures and forecasting natural disasters. At the end of the day, participants reiterated the need to join forces to create the world we want, while also ensuring that technological advancements and life saving innovations are equally distributed worldwide. 

Finally, just as Prince Mahidol contributed funds towards educational scholarships, the Prince Mahidol Award Foundation continues his legacy through the Prince Mahidol Award Youth Programme Scholarship. Last year, five scholarships were awarded to students from the Faculty of Medicine at leading state hospitals, three from Siriraj Hospital and two from Ramathibodi Hospital, with the confidence that they would return the gesture to society through their service. 

Mr. Phurin Areesawangkit from the Faculty of Medicine, Siriraj Hospital, was one of the recipients. In an interview on Radio Thailand’s “MFA Update” program, Phurin explained that the scholarship provides youth who are interested in medical research, public health systems and public health policy, with an opportunity to study in frontline institutions, in any country, for one year. Phurin was motivated to apply for the scholarship for the opportunity to learn from world class experts and to strengthen connections between academic institutions in Thailand and those abroad. He aims to pursue research on the treatment of cancer in the hope of providing more effective treatment for cancer patients in Thailand. He is an example of the powerful and enduring legacy left behind by Prince Mahidol, carrying on the torch of His Majesty’s pursuit of learning for the benefit of mankind and education for humanity.

* * * * * * * 

302920106_6154692294548062_1792706744523362139_n Mr. Tanee Sangrat is Director-General of the Department of Information and Spokesperson for the Ministry of Foreign Affairs of Thailand. He is also the Chairman of the Sub-Committee on Public Relations of the Prince Mahidol Award Foundation and has worked closely with the foundation in this capacity. During his time at the Department of Information, he has given importance to public diplomacy and engaging youth on international relations through various activities. He has served as the Consul-General to Los Angeles, the Ambassador of Thailand to Vietnam, and is currently Ambassador-designate to the United States.